Notícias

TBT Sapucaia – Capítulo9

03/06/2021

189090051_3761656367293945_708838297193818355_n

CAPÍTULO IX – A INDUSTRIALIZAÇÃO – O começo

 Após passar pelo tempo em que as fazendas de criação de gado dominavam o território, Sapucaia foi conhecida como terra da farinha, para então notabilizar-se pelo elevado número de matadouros em seu território. A industrialização de Sapucaia iniciou em 1940, com a construção da BR2, hoje BR 116. O governo do Estado e o Município de São Leopoldo concederam isenções de tributos a todas as empresas que viessem a se estabelecer ao longo da via. O território de Sapucaia foi bastante valorizado, com a instalação de dezenas de grandes empresas que transformaram o 7º Distrito de São Leopoldo em potência econômica, e principal área de recolhimentos de tributos do Município de São Leopoldo.

A vinda de grandes indústrias propiciou o adensamento populacional de Sapucaia, resultante da migração interna devido esvaziamento das áreas rurais. Para acolher esses migrantes os donos de sítios, chácaras e fazendas lotearam suas terras, vendendo os lotes em prestações mensais. A maioria desses loteamentos não dispunham de qualquer tipo de infraestrutura. Não havia preocupação nem com a malha viária. Havia interesse de propiciar o maior número de lotes possíveis e, portanto, um maior retorno financeiro. A Prefeitura de São Leopoldo se omitiu, pois achava que o importante era acomodar os trabalhadores que demandavam em busca de emprego.

Cabe salientar que as torrentes humanas chegadas à Sapucaia em cada uma de suas fases econômicas, moldaram o Município, miscigenando hábitos e costumes. Até a década de 1940 os hábitos da população eram quase exclusivamente açorianos e portugueses. Até os descendentes de outras etnias até então chegados haviam se amoldado ao esse jeito de viver. Mas, a partir daí, as coisas mudaram e, ainda hoje, os nascidos no Município não conseguem superar o número daqueles que vieram de outras cidades, regiões ou estados.

1959  – Indústrias do 7º Distrito

Olarias:

Caligaro & Cia

Galdino Petry

Hugo Scherer Irmãos

João Daudt & Cia.

Olaria Boa Vista Ltda.

Rodolfo Daudt

Vacchi & Cia

Curtumes:

Albinio Sieburger

Cubla Cortume Uruguaio Brasileiro S/A

Vaccho & Cia.
 
Fábrica de Bobasm:

Arlindo Osvaldo Lenhart

Fábrica de Tanino:

Cia.Brasileira de Extrato de Acácia

Fábrica de Calçados;

Calçados Aglae Ltda.

Emmanueli
 
Fábrica de Tecidos e fios:

Lanifício Sulriograndense S/A

Lanifício Kurabo S/A

Fábrica de fogos de artifícios:

Pavany & Irmão

Fábrica e Moagem de Café:

Eurico M.Martini

Irmãos Baierle

Paulo D. Teichmann
 
Valdir Cardoso
 
Indústria de Cerâmicas

Indústria agrícola Vacchi Ltda.

Fábrica de Artefatos de Cimento:

Oscar P. Moraes

Siderurgica:

Siderúrgica Riograndense S/A

Fundições:

Silva & Mattes

Colchoaria:

Daniel Thoseski

Eni Allgayer

Mais Notícias >

CORONAVIRUS2


 

Auto Atendimento

Colorido Ilustração Projeto em Grupo Em Branco Apresentação Educacional (302 x 101 px)

CIPA

TRANS

INCRIÇÕES-CRECHE-e1614277768939

1920 x 720 px

Colorido Ilustração Projeto em Grupo Em Branco Apresentação Educacional (302 x 101 px) (1)

 

Cópia de Azul Marinho Amarelo Moderno Melhoras Em Breve Cartão

 

ONIBUS

LEIS

ETIQUETA-TBT

BANNER-CATÁLOGO

ADOTA

VG

Coleta seletiva

Banner

NFG

NOTA FISCAL

download

LICITA

Arte Editais emergenciais

 

Sapucaia em imagens

Prefeitura de Sapucaia do Sul

                              Horário de atendimento ao público: segunda-feira 12h às 18h
de terça-feira a sexta-feira: 08h às 14h.

                              Av. Leônidas de Souza, 1289 – Santa Catarina

                              (51) 3451.8000 (geral)  e 0800.6442111 (ouvidoria)

                              contato@sapucaiadosul.rs.gov.br



Desenvolvido por Master Tecnologia da Informação