Atendimento: Segunda a Sexta 12h às 18h

TBT Sapucaia – Capítulo 1

TBT Sapucaia – Capítulo 1

SAPUCAIA – O PRINCÍPIO

Pelo tratado de Tordesilhas firmado em 1494 entre Portugal e Espanha, o território do atual Rio Grande do Sul deveria pertencer a Espanha, contudo nenhum desses países tomou para si a responsabilidade de ocupa-lo. Apenas os missionários da Companhia de Jesus desbravaram esses rincões estabelecendo aldeamentos, sucessivamente destruídos pelos bandeirantes a procura de nativos para escraviza-los, restando apenas os denominados “SietePueblos”. Em 1680 Portugal resolve tomar posse da região e funda a Colônia de Sacramento, na área hoje ocupada pelo Uruguai e a guerra pela disputa de território se torna uma ameaça constante. Impossibilitados de atingir a Colônia por mar, os portugueses decidem fazê-lo por terra. Diversas excursões foram organizadas partindo de São Paulo. Após a fundação de Laguna por Francisco de Brito Peixoto, seu genro, João Magalhães parte com 30 homens rumo a Sacramento, deixando propositalmente alguns homens pelo caminho. Várias estancias resultaram do estabelecimento desses pioneiros. Magalhães chega a Barra de Rio Grande no local que ficou conhecido como Tapera dos Magalhães. A partir daí, portugueses e paulistas passaram a se deslocar pela região, seja para aprisionar indígenas, seja para prear o gado chucro resultante das Missões. Esse gado chamado orelhano se tornou abundante e selvagem, especialmente nos contrafortes da serra.

De início os preadores matavam os animais e aproveitavam apenas p sebo e o couro , deixando o restante como pasto para os animais carniceiros. Mais tarde, abriram caminhos para levar as manadas que conseguiam arrebanhar para São Paulo e Minas Gerais. Foi aí, nesse momento que foram criados vários locais para apresamento e até a reprodução de animais.

Em 1737 Silva Paes construiu um forte ou presídio, como se dizia na época, para alojar os 254 dragões de Minas Gerais e Rio de Janeiro que o acompanhavam. Depois de erguer alojamentos, paliçadas e trincheiras, ele mandou construir uma capela que mandou chamar de Jesus- Maria -José, onde a 2 de março de 1737 o padre Gerônimo Pereira, Capelão da companhia, reza a primeira missa.

É nesse mesmo ano de 1737 que Antônio de Souza Fernando, retirante da Colônia de Sacramento, estabelece a Fazenda Sapucaia aos pés do morro do mesmo nome para onde trás sua família. Sua estância se estendia desde o rio Gravataí até o rio dos Sinos. Seu genro Francisco Pinto Bandeira, a exemplo do sogro se apossa de uma faixa lindeira fundando a fazenda “Guaixinim-Sapucaia”. O local já vinha sendo utilizado para prear o gado chucro que ambos vinham apresando havia tempo, na lida de tropeiros.

A exemplo do velho patriarca, genros e filhos foram se apossando de terras lindeiras fundando diversas fazendas, dedicadas ao apresamento e reprodução do gado que seria comercializado em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

O Morro ou Cerro Sapucaia era conhecido e mencionado em vários documentos desde o ano de 1640, seja pelos Jesuítas, seja pelos bandeirantes.

Eni Allgayer

Anterior BOLETIM COVID-19 (31/03/21)

Deixe seu comentário

Conecte-se conosco:

Av. Leônidas de Souza, 1289
Santa Catarina
CEP: 93210-140

Atendimento:

Segunda à Sexta: 12h às 18h

Prefeitura Municipal de Sapucaia do Sul/RS . Todos os Direitos Reservados.

Skip to content