Atendimento: Segunda a Sexta 12h às 18h

E.M.E.I Mara Mattos

E.M.E.I Mara Mattos

PROJETO MEMÓRIA ESCOLAR – SMED Sapucaia do Sul/ RS

 

Escola Municipal de Educação Infantil Mara Mattos

Fundada em 22/08/2013 – início com alunos em 04/04/2014

Diretora da época: Janaína de Mattos da Silva

Diretora e Vice-Diretora atualmente:

Adriane Ayres de Oliveira Landal de Campos e Tatiana Schuh

Ano letivo de 2021: 11 Turmas atendidas de 0 a 5 anos: 218 alunos

 

Nossa Escola tem História!

A História é o produto humano, retratando uma sociedade que representa todo o momento sobre sua existência. A escola é também construção de histórias, identidades, convivência social e formação do sujeito. É importante que a comunidade escolar reconheça e valorize cada momento dessa história, para fortalecer os papéis e o compromisso de cada sujeito na construção do ambiente escolar. Por esta razão queremos aqui resgatar as memórias da escola, valorizando sua existência e trajetória histórica apresentando a biografia da escola, consultada via PPP do ano de 2017 e relato da senhora Janaína de Mattos, filha da patrona da Escola Municipal de Educação Infantil Mara Mattos.

Segundo consta do documento Projeto Político Pedagógico do ano de 2017(documento no arquivo passivo da EMEI Mara Mattos) era no ano de 1987, quando um grupo de mulheres/mães, moradoras do bairro Cohab/blocos, lideradas pela senhora Mara Lúcia Souza de Mattos, uniram-se por uma causa: auxiliar as mães trabalhadoras da época, (a princípio deste bairro) que não tinham onde deixar seus filhos, para que, desta forma, pudessem trabalhar. Fundaram então, a Sociedade Menino Jesus de Praga (creche de zero a seis anos).

De 1987 a 1992, essas mulheres percorreram à diversas instâncias, organizaram eventos, solicitaram doações para a comunidade e empresas locais, conseguiram mão de obra e ganharam a cedência do terreno para a construção da creche.

De 1992 (data da inauguração da creche) até 2003 a creche Menino Jesus de Praga atendeu muitas crianças da comunidade local. Nesse período, acompanhou os avanços da educação, tornando-se uma escola.

De 2003 a 2008, após o falecimento (em 2003) da presidente da época a senhora Mara Lúcia Souza de Mattos, quem assumiu a instituição foram suas filhas: Janaína de Mattos e Daiana de Mattos. Enfrentando muitas dificuldades para “mantê-la”, tiveram a gestão da mesma até final de 2008, período que optaram pela municipalização da escola.

Em 2009, iniciaram os trâmites burocráticos e, entre a reforma e a ampliação com recursos financeiros aportados pelo município de Sapucaia do Sul, para a efetivação da municipalização, decorreram-se quatro anos.

O dia 22 de agosto de 2013, marca a inauguração da Escola Municipal de Educação Infantil Mara Mattos, nominada assim em homenagem à presidente e fundadora da Creche Menino Jesus de Praga.

A E.M.E.I. MARA MATTOS, após a inauguração iniciou suas atividades, com alunos, no dia 04 de abril de 2014, destinando-se ao atendimento de crianças de 0 à 5 anos e 11 meses, situada no mesmo endereço da Creche Menino Jesus de Praga.

Atos legais: Designação e denominação nº 3202/2010, Parecer do CME nº 140/2014 de credenciamento de autorização.

O quadro da escola em 2014 era composto por:

Diretora: Janaina de Mattos da Silva;

Vice-Diretora: Jaqueline de Aguiar Gonçalves;

Orientadora Pedagógica: Cristiane Soares Feijó;

Secretária: Nilda da Silveira Serpa;

Professores: 12

Anilda Terezinha Xavier Moraes, Claudia Telles Miranda, Dayana da Silva Soares Leiria, Denise Maria Ramos de Almeida, Elida Nadir dos Santos, Jaciara Rodrigues Machado, Jaqueline de Mattos Tirello, Josias José de Souza, Lisiane da Silva Veiga, Lucide Sauthier Feltrin, Noeli Teresa Felix e Vanessa Tavares da Silva Bandeira.

Atendentes: 26

Andrea Aparecida Muller Flores, Carina Clareta Baez Geib, Caroline de Souza Santiago, Cristiane Ourique, Daiara Conceição Marques, Debora Mota da Silva, Ediana Lasta, Elaine Rodrigues, Elenara de Moura Pereira, Gabriela Regina Barcelos, Gislaine Souza Machado, Italy Guzatto Araujo Vedoy, Jaqueline Conte Vasconcellos, Jeisa Patiele Marchesan da Silva, Juliana Moreira Ribeiro, Kátia Regina Marciano Menezes, Lilian Cristina Gonçalves Ludwig, Luis Abel Proença Rodriguez, Manuela Nadieza Carlim Chaves dos Santos, Marcos Paulo Silveira Anadon, Neiva da Silva Padilha, Renata Fortes, Renata Mascke Justino, Samantha Bergmann Cunha, Vanessa Soares Costa e Zuleni da Silva Belmiro.

Auxiliar Municipal: Maria Inês dos Santos Borba.

O quadro da escola atualmente, ano letivo de 2021 é composto por:

 

Diretora: Adriane Ayres de Oliveira Landal de Campos;

Vice-Diretora: Tatiana Schuh;

Orientadora Pedagógica: Zuleimar de Souza;

Orientadora Educacional: Deise Paim Moraes;

Secretário escolar: Dani de Almeida Gomes;

 

Professores: 16

 

Camila Daniel, Claudete Veiga dos Santos, Débora Jaqueline de Oliveira Martins, Débora Selbach Kubieziwski Silva, Douglas Tondolo Bones, Fernanda Peres Altismo, Georgia de Almeida Malavolta, Gleister Roberto da Silva, Hélen Cristina Wagner Kneip, Jacimira Vasconcelos Hoher, Janaina Fonseca Mello, Morgana Fernanda Barth, Rachel Taís Vargas Zacher, Samantha Nunes Martins, Vanessa Tavares da Silva e Virgínia Jaiane da Silva Adam.

 

Atendentes: 31

 

Alessandra Vieira de Souza, Alexandro Mendes da Silva, Andre Ricardo Fava, Bruna Flores da Costa dos Santos, Carla dos Santos Gonçalves, Carlos Henrique Santos de Oliveira, Cristiane Kulmann, Daiara Conceição Marques, Danielle de Azevedo Mello, Elenara Lopoes de Moura, Elisângela Machado Viegas, Felipe da Silva Knob, Fernanda Duprates Steiner Gouvea, Flaviana Mourelhe Cardoso, Gislaine Liscano Soares Dias, Heverton Heffel Gil, Isabella Russo Lautert, Juliana Moreira Ribeiro, Karina Silva, Luhã Moreira Valença, Marcelo Josoé Cunha, Maria da Graça Mello, Marina Celia dos Santos Oliveira, Neiva da Silva Padilha, Rejane Ferreira da Rosa, Sofia Lucchese, Tatiana Dagnese de Souza, Vanessa Aparecida Brasil Flores, Vanessa Soares Costa, Viviane Steinmetz e Zuleni da Silva Belmiro;

Auxiliar municipal – zeladora: Celina Bernardes da Silva;

Manipuladoras de Alimentos (vinculadas à Empresa Orbis – prestadora de serviços à mantenedora): Elizabethe Fontana Chaxim, Maria Salete da Silva Berwanger, Marisete Lopes do Espírito Santo;

Auxiliares de limpeza (vinculadas à Empresa Intersept – prestadora de serviços à mantenedora): Andressa da Silva da Silva e Isadora da Rosa Mendes.

 

Horário de funcionamento: 

Etapa Creche:

Período integral: 7 horas às 18h

Horário de entrada do turno da manhã: 7h às 8h30

Horário de entrada do turno da tarde: 13h às 13h30

 

Etapa Pré Escola:

Turno da manhã: 8h às 12h

Turno da tarde: 13h às 17h

 

Número de Turmas/ Alunos:

01 turma de Berçário I: 18 alunos

02 turmas de Berçário II: 36 alunos

03 turmas de Maternal I: 54 alunos

03 turmas de Maternal II: 60 alunos

02 turmas de Pré I: 50 alunos

Total: 218

 

Horário Administrativo- Secretaria:

08h às 12h

13h às 17h

 

Expediente Interno:

Quartas-feiras: Turno Tarde

 

                        “Somos herdeiros de um grande passado,

            portadores de um grande presente e construtores de um grande futuro.”

 

Sapucaia do Sul, primavera do ano de 2021.

 

Segue o relato das filhas da patrona da E.M.E.I. Mara Mattos, sobre quem foi a senhora Mara Lúcia Souza de Mattos

Relato das filhas: Janaína de Mattos da Silva (Funcionária pública Municipal – Professora, que também exerceu a função de 1° Diretora da EMEI Mara Mattos, período de Agosto de  2013 à fevereiro de 2018.

Daiana Mattos da Silva (Contadora)

Quem foi Mara Mattos?

Para muitos foi uma mulher que além de bonita, era inteligente, alegre, batalhadora, com um amor incondicional para com o seu próximo.

Para nós, filhas, Mara Mattos foi um exemplo a ser seguido! Nossas condutas, nossa formação como indivíduos, e, especialmente como mulheres, pois foi com base nessa mulher incrível que nossa mãe, uma pessoa do bem, solidária, lutadora, combativa às injustiças sociais, preocupada em ajudar ao próximo, sobretudo os mais necessitados.

Mara Lúcia Souza de Mattos iniciou um movimento social feminista em 1987, que tinha como objetivo a criação de uma creche comunitária para auxiliar mães trabalhadoras. Uma frase tão usual nos dias atuais “mulheres ajudam outras mulheres”, foi a base desse projeto, realizado com a ajuda de tantas outras mulheres que estiveram lado a lado com ela para a concretização desse sonho.

Antes de ser a “Mara Mattos da Creche”, além de ser uma mãe amorosa, dedicada, cuidadosa e firme na nossa educação,  era uma mulher trabalhadora, a frente do seu tempo, pois se dividia entre família e trabalho. Foi por essa razão, mãe dedicada e trabalhadora, que passando por algumas situações, na qual não tinha local adequado para deixar suas meninas, decidiu abrir mão de seu trabalho na indústria, passando a se dedicar ao trabalho numa escola de ensino médio, na disciplina Organização e Técnicas Comerciais. Foi nessa época que surgiu a ideia da criação de uma creche comunitária (nesse período não existia creches municipais), a partir de um tema da disciplina que tinha como título “Criar uma empresa importante para a sociedade”, dando início ao que se tornaria o trabalho mais importante da sua trajetória de vida.

Mara era uma líder nata que conseguiu agrupar mais forças femininas, juntando mais de 40 mulheres que se envolveram na causa, organizando-se como operárias: as que eram responsáveis por angariar doações, as que produziam, as que vendiam, e as que promoviam eventos beneficentes. E dessa forma, ao longo de quase 6 anos que conseguiram, com a ajuda da comunidade da COHAB-blocos, realizar um sonho quase impossível, com destaque para a ajuda de muitos comerciantes locais e empresas da região.

Em 1992, a força do projeto arrecadou todo o material necessário para a construção das instalações, com a prefeitura municipal forneceu a mão de obra.  Nesse ano, finalmente foi inaugurado o prédio com o total de 613m2. Ainda hoje temos lembranças do dia da inauguração, uma grande festa na comunidade,  mães emocionadas com a alegria estampada nos seus rostos, porque finalmente teriam um lugar adequado para deixar seus filhos para poderem trabalhar. Era a segunda creche funcionando em Sapucaia do Sul, mas essa possuía um caráter filantrópico e comunitário. E cada tijolo ali colocado representava a força dessas mulheres e da comunidade local.

Mara Lúcia viveu de 1982 à 2003 nos blocos da COHAB, quando em 03.10.2003, foi mais uma vítima de feminicidio por um companheiro dela na época.

De 2003 à 2008, suas filhas deram continuidade a esse legado, dando continuidade ao trabalho. Em 2009, com o propósito de promover melhorias, considerando dificuldade de obtenção de recursos junto à comunidade, e diante da necessidade de reformas, manutenção e ampliação de vagas, as filhas decidiram pela municipalização, concedendo ao Município o controle e a administração da Creche até então, comunitária. Na época, foi uma decisão difícil, mas o consenso foi pela valorização e continuidade do legado da sua mãe Mara superando, inclusive aquela ideia inicial de somente auxiliar mães trabalhadoras, mas também disponibilizar um atendimento educacional, por meio da implantação EMEI Mara Mattos. Essa foi a imposição por ocasião da cedência, garantir o acesso e a inclusão, sobretudo da população carente, à educação escolar –,(Educação Infantil).

Relato das filhas: Janaína de Mattos da Silva (Funcionária pública Municipal – Professora, que também exerceu a função de 1° Diretora da EMEI Mara Mattos, período de Agosto de  2013 à fevereiro de 2018.

Daiana Mattos da Silva (Contadora )

 

 

Anterior EMEI Romana Gonçalves Alves

Deixe seu comentário

Conecte-se conosco:

Av. Leônidas de Souza, 1289
Santa Catarina
CEP: 93210-140

Atendimento:

Segunda à Sexta: 12h às 18h

Prefeitura Municipal de Sapucaia do Sul/RS . Todos os Direitos Reservados.

Skip to content